5 motivos para todo homem assistir a série Sense8

Cartaz de Sense8

Dos mesmos criadores de Matrix, Lana e Andy Wachowski, Sense8 é uma série de ficção científica produzida pela Netflix, que já coleciona sucessos como House of Cards, Orange is the New Black, Demolidor, entre outras. Diferente de tudo que já vimos na TV, Sense8 é uma série corajosa e certamente temos muito a aprender com ela.

Sense 8 acompanha oito pessoas espalhadas ao redor do mundo que, de repente, percebem que estão conectadas mentalmente e são capazes de mexer acessar as habilidades e capacidades físicas um dos outros. No entanto, eles precisam achar uma maneira de sobreviver quando começam a ser caçados por aqueles que os veem como uma ameaça para a ordem mundial.

Abaixo, veja os dez ótimos motivos pelo qual todo homem deveria assistir a Sense8:

Sem preconceito

Casal lésbico de Sense8

Enquanto cria-se alarde com duas mulheres se beijando na novela, em Sense8 a homossexualidade é tratada como… bom, do jeito que é: pessoas que se amam, partilham suas vidas e sofrem preconceito em razão disso. E esse é o principal motivo por este ser o primeiro e mais importante tópico abordado.

Primeiramente, ele não deveria ao menos existir, mas infelizmente se faz necessário, porque ainda há resquícios do comportamento primata em muito de nós. Nada que não possa ser contornado. A dica é que você assista Sense8 e pense melhor sobre isso.

Mas atenção, se você não está aberto a formar uma nova opinião, não assista a série e evite que algo bem produzido sofra uma tentativa de boicote mais uma vez.

As cenas de luta são incríveis!

sense8-2

As cenas de luta corpo a corpo de Sense8 são de tirar o fôlego. As principais cenas de ação são protagonizadas pela personagem sul-coreana Sun (na foto acima), interpretada pela atriz Doona Bae, que já trabalhou com os irmãos Wachowski nos filmes A Viagem e O Destino de Júpiter. O incrível é que até as cenas mais simples, como alguém tentando escapar de algum lugar, conseguem ser bastante tensas.

Ficção científica de qualidade

Daryl Hannah em cena de Sense8

Ao assistirmos Sense8 temos a impressão de estar vendo algo inédito e diferente – como se estivéssemos vendo Matrix pela primeira vez. Apesar de tudo, a grande sacada não são os efeitos visuais – que são belíssimos, por sinal – mas os recursos narrativos que faz com que nos importemos com os personagens rapidamente. Destaque para o enredo de Nomi Marks (Jaime Clayton), uma ativista transgênero que luta por direitos igualitários.

Expandir os horizontes

Diversas culturas

Apesar de boa parte da série se passar nos Estados Unidos, em Sense8 a história se passa também na Alemanha, Índia, Quênia, entre outros. O mais interessante é que a produção da série realmente filmou em todos esses países. Todos esses lugares são mostrados a partir do arco de cada personagem. É extremamente interessante ver outras culturas, seus costumes e diferenças.

O bom humor

13531513

Além da história complexa e cheia de ação, é bom ressaltar que a série também traz ótimas cenas de bom humor. Durante as primeiras conexões entre os personagens, muitas vezes eles se deparam no momento íntimo do outro, o que causa graça.

Recomendados para você:

Se você gostou desse texto, talvez você também goste de...