5 situações que prejudicam o orgasmo masculino

Grande parte da população acredita que os maiores problemas relacionados ao prazer do homem são a ejaculação precoce e a impotência sexual, no entanto, muitos passam pela dificuldade de chegar ao orgasmo.

No transtorno do orgasmo masculino, o homem consegue ter a ereção e a relação sexual normalmente, mas tem dificuldades em sentir prazer, o que causa grande frustração. Abaixo, veja algumas situações que podem prejudicar o orgasmo masculino.

Transtornos psicológicos

homem transtorno psicológico

Algumas doenças psicológicas como estresse, ansiedade e depressão, atingem todo o organismo e também o prazer do homem. A produção de hormônios, e principalmente a libido são afetadas.

Leia também:
Viagra feminino garante aumento do prazer sexual das mulheres

Uso de remédios para ereção

uso de remédios

Em janeiro deste ano, uma pesquisa realizada pelo Instituto GFK apontou que 1 em cada 5 homens entre 22 e 30 anos usa medicamentos para ereção e, entre 41 e 50 anos, o número aumenta para 40%.

É bom lembrar que o uso de medicamentos sem o acompanhamento médico pode causar efeitos colaterais graves como dependência, dores de cabeça, vista embaçada, dores nas costas, pernas, além da diminuição do prazer.

Bebida alcoólica

alcoolismo

O álcool pode parecer inofensivo, e um aliado na hora de relaxar e diminuir a inibição, mas seu uso em excesso pode causar desidratação e prejudicar a circulação sanguínia, acentuando as dificuldades sexuais.

Crescimento da próstata

homem no médico

Cerca de 80% dos homens com mais de 50 anos sofrem de hiperplasia benigna. Apesar do nome complicado e pouco difundido, essa é uma doença mais comum da próstata.

Trata-se de um crescimento anormal da glândula, que comprime a bexiga e obstrui parcialmente (ou totalmente) a uretra, prejudicando o fluxo da urina. Assim, a doença também afeta o orgasmo masculino.

Incontinência urinária

incontinência urinária

A incontinência urinária está relacionada à retirada da próstata pós câncer. Isso porque o procedimento pode afetar o esfíncter, músculo que controla o fluxo urinário.

Considerado o “câncer social”, por dificultar a vida social e sexual, a incontinência leva o homem ao medo de deixar a urina escapar na parceira ou expor o uso de fraldas.

Outro ponto prejudicial da condição é o odor da urina, que pode deixar algumas pessoas constrangidas e impedir que cheguem ao orgasmo masculino.

Recomendados para você:

Se você gostou desse texto, talvez você também goste de...