BDSM: mais prazer com princípios de dominação e submissão

Se a sua mulher gosta de um sexo selvagem, fantasias e atividades sexuais mais intensas, é muito provável que ela goste de BDSM e você nem sabe. No entanto, mergulhar neste mundo sem experiência pode ser um processo assustador para você, pelo menos no início.

Felizmente, com as nossas informações e dicas de hoje, você não deve enfrentar problemas para começar a aproveitar este novo estilo de sexo com sua mulher.

 

O que é BDSM?

Embora praticamente todas as atividades sexuais envolvam uma parte dominante e outra submissa, o BDSM leva esse conceito a algo completamente novo.

A sigla significa:

  • Bondage e disciplina
  • Dominação e submissão
  • Sadismo
  • Masoquismo

Em geral, esses quatro aspectos são baseados no princípio de “Mestre vs. Escravo”. De um lado, você tem a parte dominante que comanda o sexo. Por outro lado, você tem a parte submissa que obedece aos comandos e, principalmente, sente prazer em fazer isso.

Se a sua mulher gosta desse estilo de sexo, você automaticamente deve estar apto a concordar em assumir o controle completo dela sexualmente.

 

5 dicas para tornar o BDSM muito melhor

1. Comunique-se mais

Se você quer aproveitar o BDSM ao máximo, independentemente do seu nível de experiência, a comunicação é extremamente importante. Só conversando você saberá o que sua mulher gosta, quais são suas necessidades e desejos mais obscuros.

  • Falem sobre o que é permitido ou não aqui
  • Faça sua mulher se sentir segura o suficiente
  • Aprenda a ler sua mulher e sua linguagem corporal

 

2. Sempre tenham um código de segurança

Um código de segurança, como assim?

Antes de se envolver com o BDSM e atividades sexuais mais agressivas, você precisa escolher uma palavra que sirva como um código para interromper qualquer ação a qualquer momento.

  • Escolha uma palavra que seja de fácil memorização
  • Deve ser uma palavra que normalmente não apareça em um sexo normal

 

3. Pegue leve no início para construir confiança

Para esse estilo de sexo, muitos especialistas afirmam que a confiança no relacionamento é essencial. Portanto, comece lentamente e de modo mais simples para medir o quão confortável sua mulher está – principalmente se vocês estão juntos há pouco tempo. Então, gradualmente você pode ir aumentando as coisas.

  • Você pode começar a sussurrar algo como “você quer mais?”
  • Ou você pode começar com alguns tapas mais leves, puxões de cabelo e ir aumentando de acordo com as reações dela

 

4. Fale sacanagem, putaria mesmo

Como o BDSM envolve submissão e dominação entre o casal, falar sacanagem se encaixa perfeitamente aqui. Aqui estão algumas dicas para os iniciantes:

  • Você precisa falar as coisas abertamente mesmo, nada de vocabulário formal (oh bela donzela, como você estão tão formosa)
  • Fale sobre sexo abertamente, dentro e fora do seu quarto
  • Você precisa praticar muito para pegar o jeito do BDSM
  • Experimente intensidades diferentes (fale sacanagem na orelha, aja com raiva, etc)
  • Seja criativo e faça diferente sempre que puder, pois você não quer repetir as coisas
  • Espere cometer erros e esteja preparado para rir e depois corrigi-los

 

5. Prepare sempre um “roteiro” para seguir

Se a sua mulher gosta de ser dominada, então você, como um “mestre”, precisa sempre manter o controle e liderar o sexo. Ela, como sua “escrava”, depende das suas ordens e espera que você não bagunce tudo e estrague todo o fetiche.

Portanto, sempre tenha em mente o que você irá fazer em atividades de dominação e submissão com sua mulher. Aqui estão algumas dicas para iniciantes:

  • Sempre crie um começo, um meio e um fim (mas nada daquelas historinhas de pornô)
  • Prepare o local e seja organizado
  • Leia muita literatura erótica para obter inspiração

 

Enfim, essas foram as nossas dicas para melhorar sua experiência com o BDSM e, principalmente, para satisfazer mais ainda a sua mulher. Mas e quanto a você, tem boas experiências com a dominação e submissão? Gostaria de acrescentar mais alguma dica? Deixe seu comentário e se interaja conosco!

Recomendados para você:

Se você gostou desse texto, talvez você também goste de...