Tipos de cavanhaque populares e como alcançá-los

Já falamos muito sobre os diversos estilos de barba e bigode aqui no Barba Feita. No entanto, separamos este post especialmente para falar de um dos estilos mais elegantes de barba: o cavanhaque.

“Goatee”, do inglês, o estilo recebeu este nome por sua semelhança com o tufo de cabelo no queixo de uma cabra. Não chama tanta atenção como um fodendo bigode, nem requer tantos cuidados quanto uma barba grande. O que antes era piada nos anos 70 nos Estados Unidos, hoje é um dos estilos de barba mais elegantes que existe.

Mas muito antes de qualquer um dos Backstreet Boys nos reforçarem o quão foda um cavanhaque pode ser, homens respeitáveis já usavam o estilo há anos, como o Capitão Spock, Charles Dickens e Abraham Lincoln. No entanto, a verdade é que, assim como um bigode, nem todos os homens ficam bonitos com um cavanhaque. Mas, por sorte, existem alguns tipos de cavanhaque que você pode tentar experimentar.

 

O que é cavanhaque?

Um cavanhaque é definido como um estilo de barba que incorpora apenas cabelos no queixo e no bigode de um homem. Outras características incluem bochechas limpas e, normalmente, uma linha que conecta o bigode até os fios do queixo.

 

Por que cultivar um cavanhaque?

Bem, certamente por que você quer um, certo? Essa é a razão principal. No entanto, cavanhaques são sexy e elegantes. Eles também são o estilo de barba perfeito para homens com o queixo pequeno. Além disso, também são bons para destacar lábios grandes ou para mascarar lábios finos. E você pode cultivar um sem um porque, também. Não há regra aqui! Se você gosta do estilo, então trate de cultivá-lo.

 

Qual estilo de cavanhaque é o melhor para você?

Cavanhaques não são tão dependentes de formatos de rostos quanto os outros estilos de barba são. Enquanto nos outros estilos você sempre precisa considerar o seu maxilar e a curva do seu queixo, com o cavanhaque você não está restrito, independentemente se seu rosto é redondo ou triangular. A melhor coisa a se fazer é procurar diferentes estilos de cavanhaque que tradicionalmente são usados.

A barba começa sob seu lábio e cobre seu queixo – barba sem bigode. E um cavanhaque completo tem um bigode definitivamente cheio, ambos conectados por uma linha.

Segue abaixo alguns dos estilos de cavanhaque mais populares para você se inspirar:

 

Como cultivar um cavanhaque?

Comece deixando a barba crescer normalmente. Quando você atingir uma barba curta, raspe as laterais (nas bochechas) até a borda da boca e do queixo. Se você não quer um visual muito limpo de início para se acostumar com seu cavanhaque, tente raspar as laterais com um aparador de barba na configuração mais baixa. Isso deixará a quantidade certa de fios nas laterais para não criar um visual tão extremo.

À medida que o cabelo facial cresce, molde-o de acordo com o estilo que você escolheu. No início, você pode querer experimentar estilos diferentes entre as fases de crescimento. Portanto, aproveite esse tempo e encontre o estilo que se encaixa melhor a você.

 

Como aparar e desenhar o seu cavanhaque?

  1. Certifique-se de que sua pele e barba estejam secas.
  2. Apare a barba e bigode uniformemente com um bom aparador de barba.
  3. Remova o restolho das laterais ou passe o aparador na configuração mais baixa.
  4. Use uma tesoura para criar uma linha entre o bigode e os fios do queixo, conectando ambos.
  5. Faça a manutenção do seu cavanhaque regularmente. Você deve manter as laterais curtas e cortar o seu bigode sempre para deixá-lo bonito e bem arrumado.

 

estilos de barba cavanhaque

Enfim, escolha um estilo de cavanhaque que não só corresponda ao seu formato de rosto, mas que também combine com seu estilo de vida. Se você é um homem de negócios, por exemplo, ter um bigode grosso pode não ser o tipo de estilo mais adequado para seu ambiente de trabalho. Portanto, avalie as opções com cuidado.

Mas e quanto a você, qual dos tipos de cavanhaque gostou? Já se aderiu a algum desses estilos? Deixe seu comentário e se interaja conosco!

Recomendados para você:

Se você gostou desse texto, talvez você também goste de...